acordei com a R a dizer-me “até logo. o Sócrates foi preso”.

preso? levantei-me, liguei-me ao mundo, e parece que sim, que foi preso.

não vou comentar. não morro de amores pelo personagem mas não me acho competente para avaliar a situação. há tribunais para isso nos quais eu não confio, mas sou eu…o circo mediático e as várias teorias da conspiração irão animar os momentos mais escuros e solitários da minha vida. um bem haja a todos

não foi mau de todo o Sábado. de manhã as pessoas mostravam sorrisos nas suas outrora tristes faces e tudo porque de repente o mundo lhes pareceu mais justo. a ideia de que é possível prender um ex primeiro ministro deu-lhes a ideia precipitada de que não há intocáveis no que diz respeito à lei. ao menos que lei seja igual para todos. só durou até à hora de almoço. por essa altura as variadíssimas teorias e opiniões instalaram a dúvida no povo desconfiado e descrente. irão acompanhar, mesmo que não queiram e nas eleições votaram PS. a única verdadeira questão aqui (na minha modesta e completamente iletrada opinião) é qual o aproveitamento político que o AC irá fazer da situação…quão talentoso será AC?

não foi um dia solitário como os anteriores. o meu único amigo visitou-me e tive oportunidade de falar efectivamente com alguém sobre alguma coisa. eu gosto de falar. a solidão é extremamente penosa para mim e hoje foi um dia melhor

amanhã é outro dia, e lá teremos que acordar. todos os dias me deito sonhando não acordar. talvez seja amanhã

a. fonseca

Advertisements