irei continuar em choque. um choque emocional. eu racionalmente esperava esta reacção da UE mas emocionalmente não. encolho-me na cama. aterrada com a realidade, com a manipulação, com a falta de esperança. não vai mudar nada, a nossa opinião não conta para nada, a democracia é uma falácia

bem dizia ele. ele que sabe. que sempre trabalhou para o inimigo, ‘a cofiar a barba entre os grandes’ como costumava dizer. e agora que eu o achava longe do mal afinal é de lá que vem o mal. o maior, o mal maior.

se o paradigma não se altera, se não é possível dialogar, se as regras são dogmas indiscutíveis, sendo assim

there’s no hope

Advertisements